segunda-feira, 29 de junho de 2009

A utilização dos “blogs” como recurso pedagógico. Por que não?

Maria Lucia Soares Martins

logo_conexao

A evolução tecnológica tem sido rápida e surpreendente, gerando novas formas de pensar e de se relacionar com os objetos do conhecimento.

Nesse mundo digitalizado e globalizado, através das telecomunicações e da informática, a técnica torna-se uma das dimensões fundamentais da transformação do mundo humano pelo próprio homem. Crianças e adolescentes têm que ser mais do que simples expectadores das mudanças científico-tecnológicas. Precisam ser protagonistas, fazendo uso inteligente, racional e efetivo da tecnologia.

As escolas têm procurado fazer uso de novas tecnologias em virtude da necessidade de transformar as suas salas de aula, repensando suas metodologias na tentativa de desenvolver um currículo que atenda ao interesse dos alunos e a essas mudanças que vêm ocorrendo rapidamente no mundo. Assim, a pesquisa e o uso da Internet merecem lugar de destaque no cenário educativo, passando a integrar-se ao currículo escolar como forma de buscar e construir novos conhecimentos, através da interação com outros sujeitos.

Pensando-se na aprendizagem sob uma perspectiva construtivista, é fundamental que haja uma interação entre sujeito e o objeto de seu interesse. Assim, uma nova concepção pedagógica se faz necessária, já que o aprender não está mais centrado no professor, mas no aluno, e a sua participação é que determina a construção do conhecimento e o desenvolvimento de suas habilidades cognitivas. O trabalho individual dá lugar ao trabalho em equipe, promovendo o compartilhamento de idéias e das experiências. O aprendizado já previamente determinado pelo professor é substituído pela necessidade de aprender a aprender, desenvolvendo-se, assim, habilidades para a era da informação.

O papel que a escola adquire com a introdução de novas tecnologias no cotidiano escolar vai influenciar a postura de todos os segmentos da sociedade. A escola torna-se potencialmente um espaço de conexão para troca de diferentes experiências culturais e intelectuais.

E por que o blog?
Blog é a abreviação da expressão inglesa weblog. É um diário virtual. Muitos são pessoais, alguns são voltados para diversão.e outros são utilizados em situação de trabalho. Há também aqueles que misturam tudo. Mas, em geral, enfocam uma área de interesse para quem os escreve. São atualizados com regularidade, da mesma forma que se fazia, com os diários de papel.

Começaram a aparecer no final dos nos anos 1990. Para se criar um blog, eram necessários conhecimentos de HTML Mas hoje, criar um blog é muito fácil e simples. Não exige conhecimentos profundos de Informática, nem instalação de programas para a publicação e atualização. Existem serviços gratuitos para a publicação dessas novas formas de registro.

Como recurso de aprendizagem, o blog ainda é novidade, mas a linguagem é bem conhecida dos adolescentes, que o utilizam para publicar suas páginas pessoais na Internet. Aproveitar esse conhecimento dos jovens no contexto escolar pode ser uma maneira diferente de divulgar projetos e permitir a interatividade e a troca de experiências, facilitando a reestruturação de antigos e a construção de novos outros conhecimentos.

A utilização dos blogs nas escolas permite o registro de forma rápida e simples. O blog funciona como um diário no qual o usuário (aluno ou professor) pode registrar atividades, eventos, impressões acerca de determinado assunto ou propor desafios cooperativos.

A construção de um blog pode ser feita a partir do site hospedeiro. Nele é possível inserir imagens e alterar os dados postados. A construção de um blog de forma cooperativa possibilita a interação entre os sujeitos e promove a troca de idéias e a resolução de desafios de forma colaborativa. Estas possibilidades, além da facilidade de utilização, organização de conteúdos e comentários, ampliam as possibilidades de complementar as aulas dos professores de forma inovadora e atraente.

Esses diários eletrônicos são uma ferramenta diferente, capaz de transformar o trabalho pedagógico e, assim, envolver muito mais os nossos alunos. Têm grande poder de comunicação, pois oferecem espaços de diálogo onde os alunos são escritores, leitores, pensadores. Os blogs ajudam a construir novas redes sociais e de saberes.

Por permitir a expressão, discussão e contraposição de idéias entre os sujeitos, é um recurso que promove a aprendizagem e possibilita a construção do conhecimento. Seja como for, levar o recurso dos blogs para a escola pode representar um avanço na capacidade de comunicação dos alunos. Convidados a se divertir, eles estarão exercitando a leitura, a escrita, o senso crítico e a familiaridade com a Informática.

Hoje, o uso do computador na Educação deve ser capaz de gerar reflexão, análise, depuração dos procedimentos utilizados pelo aluno, inclusive e, principalmente, para o desenvolvimento de determinada atividade prevista no planejamento do "conteúdo escolar".

Conhecimento auxilia por fora, mas só o amor socorre por dentro. (Albert Einstein)